Conselhos do Eckhart Tolle para ser feliz

Conselhos do Eckhart Tolle para ser feliz
novembro 08 15:29 2012 Imprimir Este artigo

Eckhart Tolle, é um escritor alemão, conhecido mundialmente como autor de best sellers sobre iluminação espiritual. Seu livro mais conhecido é O Poder do Agora.

1. Não procure a felicidade. Se você procurar, você não vai encontrá-la, pois a busca é o contrário da felicidade.  Olhe pra dentro de si, ao invés de buscar a felicidade.

2. A principal causa da infelicidade nunca é a situação, mas os seus pensamentos sobre isso. Fique ciente dos pensamentos que você está tendo. Não coloque sua atenção na história, e sim nos fatos. Por exemplo, “eu estou arruinado” é uma história. Ele limita e impede que você tome uma atitude efetiva. “Eu tenho 50 centavos deixados na minha conta bancária” é um fato. Encarar os fatos é sempre fortalecedor.

3. Veja se você pode pegar a voz em sua cabeça, talvez no próprio momento em que reclama de alguma coisa, e reconhecê-la pelo que ela é: a voz do ego, não mais do que um pensamento. Sempre que você notar a voz, você também vai perceber que você não é a voz, mas o ser que está ciente dessa voz. Na verdade, você é a consciência de que está consciente da voz. No fundo, há a consciência. Em primeiro plano, há a voz, o pensador. Desta forma você está se tornando livre do ego, livre da mente não observada.

4. Por que a ansiedade, o stress, ou negatividade surge? Porque você se afastou do momento presente. E por que você fez isso? Você pensou que tinha outra coisa mais importante. Um pequeno erro, uma percepção errônea, cria um mundo de sofrimento. Viva o presente de forma intensa.

5. As pessoas acreditam estar dependente do que acontece para a sua felicidade. Eles não percebem que o que acontece é a coisa mais instável do universo. Ele muda constantemente. E assim eles perdem a mais profunda perfeição que é inerente à própria vida, uma perfeição que está para além do que está ou não acontecendo. Aceite o momento presente e encontre a perfeição que está intocado pelo tempo.

6. Igualando o corpo físico com o “eu”, o corpo que está destinado a envelhecer, definhar e morrer, sempre leva ao sofrimento. Abster-se de se identificar com o corpo não significa não cuidar dele. Se é forte, bonito, ou vigoroso, você pode apreciar os atributos enquanto elas duram. Você também pode melhorar a condição do corpo através da nutrição e exercício físico. Se você não iguala o corpo com quem você é, quando desaparecer a beleza, o vigor diminuir ou o corpo tornar-se incapaz, isso não vai afetar o seu senso de valor ou identidade de qualquer forma. De fato, como o corpo começa a enfraquecer, a luz da consciência pode brilhar mais facilmente.

8. Você não se torna bom tentando ser bom, mas encontrando a bondade que já está dentro de você e permitindo que a bondade apareça.

Se a felicidade é realmente o que você quer, então você vai escolher a Felicidade.

veja mais artigos

Sobre o Autor

Madalena Costa
Madalena Costa

Um ser humano em evolução, estudo e compartilho conteúdo de qualidade para ajudar na evolução da humanidade! Muita Luz e Amor a todos! *Todo conteúdo compartilhado é citado a fonte e preservados os direitos autorais!

Ver Mais Artigos

Sem comentários! Seja o primeiro a comentar!

Você pode ser o único a iniciar um conversa.

Adicionar um comentário

Your data will be safe! O seu endereço de email não será publicado. Outros dados também não serão compartilhados com terceiros.
Todos os campos são obrigatórios.